Das 30 cadeiras do Paraná na Câmara dos Deputados, 15 serão ocupadas por deputados federais que já exercem o mandato em Brasília, e conseguiram se reeleger no domingo (7). A outra metade da bancada será ocupada por “novatos”, embora uma parcela deles já tenha exercido outros mandatos eletivos.

A renovação para a legislatura que se inicia em janeiro de 2019 é de 50% e é maior do que na eleição anterior, em 2014, quando já foi de 40%.

O candidato mais votado na bancada do Paraná é um novato, Sargento Fahur (PSD), que conquistou 314.963 votos. Assim como Fahrur (foto), o segundo mais votado também fez campanha eleitoral na esteira da onda bolsonarista. Trata-se de Felipe Francischini (PSL), que hoje é deputado estadual. Para conquistar a vaga em Brasília, ele fez 241.537 votos.

Confira como ficou a bancada do Paraná na Câmara dos Deputados para a legislatura que se inicia em janeiro de 2019:

Deputados reeleitos:
Sandro Alex (PSD), Leandre (PV), Giacobo (PR), Hermes Frangão Parcianelllo (MDB), Christiane Yared (PR), Diego Garcia (PODE), Luciano Ducci (PSB), Aliel Machado (PSB), Sérgio Souza (MDB), Ricardo Barros (PP), Zeca Dirceu (PT), Rubens Bueno (PPS), Luiz Nishimori (PR), Toninho Wandscheer (PROS) e Ênio Verri (PT).

Deputados novos:
Sargento Fahur (PSD), Felipe Francischini (PSL), Gleisi Lula (PT), Luizão Goulart (PRB), Paulo Martins (PSC), Gustavo Fruet (PDT), Ney Leprevost (PSD), Pedro Lupion (DEM), Luisa Canziani (PTB), Boca Aberta (PROS), Schiavinato (PP), Filipe Barros (PSL), Vermelho (PSD), Aroldo Martins (PRB) e Aline Sleutjes (PSL).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *