A tradição no Paraná sempre foi a eleição de governo do Estado ser apertada. A última vez que houve uma “lavada” de votos por aqui foi em 1987, com Alvaro Dias. Depois, não teve moleza pra ninguém: quando acabou no primeiro turno, foi por pouco, como na reeleição de Beto Richa (PSDB) há quatro anos.

Neste ano, é inegável que Ratinho Jr. (PSD) chega à reta final da corrida com uma certa folga sobre seus adversários. Mas isso não quer dizer que haja algo garantido, porque na soma os adversários podem forçar um segundo turno que seria bem complicado para Ratinho.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *