À medida que nos aproximamos de mais um ciclo eleitoral, a disputa pela Prefeitura de Marechal Cândido Rondon ganha mais diversidade. Tradicionalmente dominado por figuras já conhecidas da política local, nos últimos dias vimos a emergência de novas pré-candidaturas como uma opção alternativa aos eleitores.

Se Arion Nasihgil (PL) e Adriano Backes (PP) imaginavam que este ano estariam sozinhos na corrida eleitoral, agora está claro que a cidade terá quatro, talvez cinco candidatos.

O primeiro a surgir na mídia anuncia a pré-candidatura foi Marcão do Povo, pelo Cidadania, ainda na semana passada. Ontem foi a vez do PSOL apresentar a jovem Viviane Rodrigues como pré-candidata a prefeita.

Marcão do Povo

Marcão do Povo emerge como uma voz que se diz cansada do tradicionalismo na gestão municipal.

Ele deseja representar “do Povo para o Povo”, com foco especial nas áreas de Saúde, Educação, Esporte e Lazer, pregando um diálogo genuíno com a comunidade.

Viviane Rodrigues

A aposta do PSOL é diferente, até porque desta vez não é nenhum Palagano o nome apresentado. Viviane Rodrigues, se confirmada na convenção, será a primeira candidata mulher e negra à prefeitura do município. 

“A Democracia em Marechal Cândido Rondon tem uma representante legítima, e não uma representação fake que flerta uma hora com o Lula e outra com Bolsonaro”, diz trecho de nota enviada pelo partido à imprensa.

E o PT?

Com estes quatro nomes postos, ainda resta uma dúvida. A federação do PT/PV/PCdoB vai adicionar um ingrediente a mais para essa diversidade de nomes, ou vai imitar o PP de 2020 e levantar bandeira branca?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *