No segundo dia da visita oficial a Israel, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que antes do final do seu mandato irá decidir sobre se vai transferir a embaixada do Brasil de Tel Aviv para Jerusalém, como prometeu durante a campanha. “Eu tenho o compromisso, mas meu mandato vai até 2022, tá ok?”, afirmou.

O presidente disse que essa definição tem que ser tomada devagar, com calma, sem problemas e sempre em contato com outras nações. “O que eu quero é que seja respeitada a autonomia de Israel, obviamente.”

Sobre o anúncio de abertura de um escritório de negócios na cidade, Bolsonaro disse que é justo que os palestinos protestem. “É o direito deles reclamar”, afirmou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *