O primeiro ato administrativo do novo governador do Paraná, Ratinho Junior (PSD) foi um decreto que exonerou todos os ocupantes de cargos comissionados do Estado. O Estado contava com 176.583 funcionários ativos, sendo que destes, 3.334 eram comissionados.

A medida objetiva atender a nova organização da máquina pública do Estado, que passa a ter 15 secretarias ao invés das 28 que existiam antes. As novas contratações de funcionários em comissão deverão que se adequar ao novo modelo de gestão, que objetiva reduzir a máquina.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *