Para uma grande parcela de agricultores da região chega com alívio a notícia que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) resolveu mesmo tirar da Funai a responsabilidade pela identificação, delimitação e demarcação de terras indígenas. Esta agora é uma função que cabe ao Ministério da Agricultura, comandado pela ministra Tereza Cristina (DEM), muito próxima aos ruralistas.

A decisão foi publicada na primeira edição do Diário Oficial da União publicada no novo governo, poucas horas após a posse. A medida não agradou as lideranças indígenas que acusam Bolsonaro de promover um desmanche na Funai.

Mas, na região, trouxe alívio, uma vez que a possibilidade de demarcação de terras indígenas na região de Guaíra, Terra Roxa e Altônia era temida por agricultores e lideranças do Oeste do Paraná.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *