A Polícia Rodoviária Federal (PRF) divulgou nesta terça-feira (15) um balanço dos acidentes que aconteceram em 2018 nas rodovias federais do Paraná. Os números mostram uma queda de 20,1% das mortes no Paraná ao longo do ano passado. O total de mortes caiu de 613, em 2017, para 490 em 2018. O número é o mais baixo desde o início da série histórica, em 2010.

As principais causas dos acidentes que resultaram em vítimas mortas no ano passado foram falta de atenção do condutor (25,7% das mortes); falta de atenção do pedestre (17,8%); velocidade incompatível (15,5%); desobediência às normas de trânsito (15,5%); ingestão de álcool (4,9%); e ultrapassagem indevida (3,1%).

As colisões frontais responderam por 27,3% das mortes, seguidas pelos atropelamentos (24,5%). Juntos, esses dois tipos de acidente representaram, portanto, mais da metade dos óbitos registrados.

Duas a cada três mortes ocorreram no período noturno, durante o amanhecer ou anoitecer. A maioria das mortes ocorreu em situação de pista seca (87,1%) e em trechos de reta (72,9%).

Os trechos de pista simples concentraram 56,7% das mortes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *