Mari Turmina, a Maria da Saúde, do PMDB, é a segunda mulher a conseguir eleger-se para a Câmara de Marechal Cândido Rondon. A primeira havia sido Eliete Wasem, em 2000.

Mas, a sua eleição não foi fácil. Durante boa parte da campanha ela teve que lidar em duas frentes. Uma para ganhar votos. Outro para desmentir uma série de boatos, de que estaria denunciada, cassada, que estocava medicamentos em casa, além de ter que combater um panfleto apócrifo que lhe fazia acusações de baixo calão.

Mas, ao fim da campanha somou 1092 votos e foi a quarta mais votada do PMDB, garantindo sucesso no pleito. Agora, ela se prepara para assumir e promete seguir o trabalho voltado à área de saúde, setor com que sempre se identificou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *