O que era pra ser o grande diferencial para as eleições deste ano, as redes sociais até que estão sendo pouco utilizadas em Marechal Cândido Rondon e microrregião. É claro que, tanto para os candidatos, como para a própria Justiça, o ambiente virtual é uma novidade e, pela primeira vez, acompanhado de perto pelos eleitores.

A minha expectativa era de que as redes fossem mais utilizadas, especialmente neste período que antecede a propaganda eleitoral gratuita no rádio. Mas, das duas uma… ou os candidatos e partidos não se prepararam para utilizar estas ferramentas de forma inteligente ou o povo não quer mesmo saber nada de política.

Observa-se que as poucas coisas que são postadas tem repercutido menos ainda, especialmente no Facebook, a rede social mais badalada do momento. Poucos são os usuários que “curtem” as publicações políticas e menos ainda que “compartilham”. Só mesmo aqueles mais envolvidos é que participam mais ativamente.

Vale lembrar que a legislação eleitoral não proíbe as manifestações políticas nas redes sociais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *