O jornal Zero Hora, de Porto Alegre, publica na sua edição desta quarta-feira (28) matéria sobre a estiagem prolongada no estado.

Conforme a matéria, cerca de R$ 2,5 bilhões devem deixar de circular na economia gaúcha em 2012 em razão da seca.  Estimado pela Federação das Cooperativas Agropecuárias do Estado (Fecoagro) com base nas perdas das lavouras de milho, o prejuízo tende a provocar reação em série que afetará indústria, comércio e municípios. Uma previsão mais precisa será possível fazer somente em janeiro.

Muitos produtores já estão desistindo de comprar máquinas e implementos agrícolas. Diante da estiagem, as vendas já caíram 60% em uma loja especializada em máquinas de Bagé.

Apesar da chuva que caiu nos últimos dias, a situação é delicada no campo. Na região de Passo Fundo, segundo a Emater, há municípios com quebra de até 90% no milho. O problema tem se espalhado com rapidez na Metade Norte e já levou 25 municípios a notificar a Defesa Civil.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *