Já são três

Promete ser bem interessante o processo eleitoral em Marechal Cândido Rondon. Talvez seja o ano que mais se tenha candidatos a prefeito na história da política local. Até agora já foram três os anunciados nas convenções realizadas: Danilo Johann pelo PRB, Ítalo Fumagali pelo PSC e Maicon Palagano pelo PSOL.

No próximo sábado (30) acontecem as convenções da maioria das partidos estabelecidos no município. Na oportunidade, devem ser confirmadas também as candidaturas de Vítor Giacobbo pelo PTB, Moacir Froehlich pelo PMDB e Wilson Moraes pelo PPS.

Sendo assim, já seriam seis candidaturas a prefeito. Mas, há quem acredite também no lançamento da candidatura do ex-prefeito Aríston Limberger, que elevaria para sete o número de candidatos no município.

É aguardar pra ver.

Lair Bersch

Esta semana gravei com Lair José Bersch entrevista sobre a Expo Rondon 2012. Vários assuntos foram abordados por ele que é o coordenador geral da CCO, especialmente sobre os show que acontecerão e as alternativas oferecidas. Na conversa, Lair Bersch também falou sobre a profissionalização da festa e do envolvimento de mais de 80 entidades. A festa dos 52 anos de Marechal Cândido Rondon acontece de 25 a 29 de julho. Confira na entrevista em vídeo um pouco mais das atrações programadas.

Começam as definições

Esta semana será cheia de definições para o futuro político de Marechal Cândido Rondon. Até o próximo sábado (30), todos os partidos políticos devem realizar suas convenções.

Neste final de semana, duas siglas já se reuniram. Sábado (23) o PRB deciciu pela candidatura do ex-vereador Danilo Johann a prefeito. Neste domingo (24), o PSC apresentou o vereador Ítalo Fumagali como candidato à majoritária.

Mas, tudo ainda pode mudar, até porque os partidos geralmente mantém as atas abertas até o limite permitido pela legislação. Até lá muita coisa pode mudar.

PSD com Vítor

O PSD de Marechal Cândido Rondon anunciou publicamente, através de matéria no jornal O Presente deste sábado (23), que apóia a indicação de Vítor Giacobbo, do PTB, a prefeito. Se a decisão for confirmada na convenção do partido, marcada para o próximo sábado (30), já serão três os partidos apoiando Giacobbo: PTB, DEM e PSD. Existe a expectativa também do PSDB, sendo que teria sido formulado convite para que o seu presidente, Dante Tonezer, fosse candidato a vice numa eventual chapa encabeçada por Vítor.

Mas, um detalhe chama atenção na matéria publicada no jornal O Presente e que levanta a suspeita de que nem tudo está tão claro no PSD. O anúncio do apoio ao pré-candidato Vítor Giacobbo foi feito pela empresária Ana Carolina Seyboth Kurtz , que não faz parte da executiva do partido, e pelo vogal Luiz Bohnen (Lula). Informações extra-oficiais dão conta de que o apoio a Giacobbo não é tão unânime assim.

Dia Mundial do Fusca

O carro mais famoso e popular do mundo tem um dia em sua homenagem. E é hoje. Hoje (22) é o Dia Mundial do Fusca.

Idealizado por Ferdinand Porsche a pedido de Adolf Hitler, o Fusca foi criado para servir tanto à família alemã quanto ao exército. Depois da II Guerra Mundial ele ganhou o mundo, sendo que o primeiro exemplar chegou ao Brasil em 1950, com o nome de Volkswagen Sedan. No seu primeiro ano de produção nacional, em 1959, a Volks vendeu 8.406 unidades. Após três anos, se tornou líder de mercado: vendeu 31.014 unidades.

Anos mais tarde, o Sedan foi rebatizado e ganhou o nome que nós conhecemos até hoje: Fusca. Em outros países ele tem outros nomes, como Besouro, Joaninha, Baratinha, etc.

A imagem mostra um anúncio publicado pelo jornal O Estado de S.Paulo em junho de 1969.

Prefeito na Rio+20

Durante a Rio+20, o prefeito de Marechal Cândido Rondon, Moacir Froehlich, acompanhou os diretores da Itaipu em audiência com o sub-secretário geral da ONU, Thomas Stelzer. Na oportunidade eles apresentaram os projetos do Condomínio de Agroenergia da Linha Ajuricaba e do Cultivando Água Boa.

O retorno recebido do representante da ONU é que as duas experiências podem vir a se tornar políticas públicas a serem aplicadas em todo o mundo, com o incentivo da Organização das Nações Unidas. Também há a expectativa que a região ganhe um incentivo turístico em função destas práticas conservacionistas modelo para o mundo.

Presente de grego

É um verdadeiro presente de grego que o Governo do Estado está oferecendo para o município de Marechal Cândido Rondon. Querem implantar no município uma UTI pediátrica para atender pacientes oriundos de todo o Estado. Até aí tudo bem. Mas, querem que a prefeitura pague pelos custos desta UTI, ou seja, contrate médicos, cirurgiões, enfermeiras e tudo mais que envolve a manutenção da estrutura.

Mesmo que a proposta tenha sido apenas informal, sem qualquer documento oficializando esta intenção, a administração rondonense está estudando algumas possibilidades de aproveitar a intenção do Estado, sem onerar tanto os cofres do município. Uma das ideias é propor o contrário ao Estado. Ou seja, o município garante a estrutura e o Estado cuida da manutenção. Seria bem mais justo, pois a maioria dos pacientes vão vir de outras cidades.