Os pré-candidatos a vereador de Marechal Cândido Rondon terão um motivo a mais pra correr atrás dos votos e garantir uma das 13 cadeiras do Legislativo para o mandato de 2025 a 2028. Possivelmente os próximos vereadores irão receber R$ 1.630,00 a mais que os atuais.

Três projetos de lei que estabelecem os salários dos vereadores, secretários municipais, prefeito e vice-prefeito para os próximos mandatos estão na pauta da sessão desta segunda-feira (20).

O curioso é que duas emendas foram apresentadas nos últimos dias para dar um up nos salários de vereadores e secretários, acima do que previam os projetos originais, datados de março. Nada como uma boa emenda para refrescar a memória sobre a importância do trabalho legislativo, não é mesmo?

Salários dos vereadores

O projeto de lei 08/2024, de 20 de março, previa que os futuros vereadores receberiam subsídio mensal de R$ 9.270,00, o que equivale aos salários atuais. Mas, uma emenda de 9 de maio, assinada por todos os vereadores, sobe o valor para R$ 10.900,00.

Conforme o Portal da Transparência da Câmara, atualmente os salários dos vereadores são de R$ 9.263,62, enquanto que o presidente da Câmara recebe R$ 12.257,08.

Parece que o custo de viver como um vereador está ficando mais caro, ou será que é apenas o preço de um bom serviço?

Salários dos secretários

Outro projeto de lei, número 10/2024, também de 20 de março, previa que os secretários municipais e o procurador geral receberiam R$ 13.255,00 a partir de 2025. Mas, na última sexta-feira (17) também recebeu emenda aumentando os salários para R$ 13.900,00.

O Portal da Transparência informa que atualmente os secretários recebem R$ 13.253,15, ou seja, praticamente o mesmo que previa o projeto original.

Salários do prefeito e vice

Já os futuros prefeito e vice não terão reajuste e vão ter que se contentar com o mesmo valor que recebem os atuais. Pelo menos até agora não apareceu nenhuma emenda neste sentido.

O projeto de lei 09/2024 fixa os subsídios do prefeito em R$ 32.115,00 e do vice-prefeito em R$ 16.060,00 a partir de 2025.

Será que esqueceram do prefeito ou ele já ganha o suficiente?

Primeira votação

Todos os projetos serão apreciados na sessão desta segunda-feira em primeira votação. Depois ainda será necessária uma segunda votação.

Mas, como as emendas levam a assinatura de todos os vereadores e as matérias já tiveram os pareceres favoráveis das comissões permanentes, a votação possivelmente será apenas um ato protocolar.

Um verdadeiro espetáculo de unidade e eficiência, como só a política sabe fazer! Pena que quando discutiram os salários dos professores não houve a mesma harmonia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *