Se de um lado o Brasil é muito atrasado no transporte ferroviário, por outro, existem atualmente no país, 21 possibilidades de fazer passeios em trens turísticos e culturais. Estes trens transportam, em média, 3 milhões de passageiros por ano.

A bordo deles, o turista pode adentrar na natureza ou fazer uma imersão na cultura de outros estados. Os roteiros mais populares estão concentrados nas regiões Sul e Sudeste.

Aqui no Paraná o popular Trem da Serra do Mar vai de Curitiba a Morretes, numa ferrovia que tem mais de 130 anos. A principal atração do passeio de 70 quilômetros são as paisagens naturais. A linha fica na maior área contínua de mata atlântica preservada no país.

Pouco mais abaixo, já em Santa Catarina, uma opção é embarcar no Trem das Termas, que vai de Piratuba (SC) a Marcelino Ramos (RS). É o único roteiro que passa por dois estados. O destaque é a travessia do rio Uruguai, numa ponte de 495 metros de extensão. O trajeto também é embalado por músicas regionais e degustações de produtos típicos.

Já no Rio Grande do Sul, o passeio mais famoso percorre a Serra Gaúcha, região produtora de uva e vinho. São ao todo 23 quilômetros, entre Bento Gonçalves e Carlos Barbosa, passando por Garibaldi. Nos vagões, músicas tradicionais italianas e gaúchas, acompanhadas por apresentações de dança, mantêm os passageiros entretidos durante os 90 minutos da viagem. Vinhos, espumantes e sucos produzidos na região também fazem parte do pacote.

Os estados de São Paulo e Rio de Janeiro também oferecem excelentes opções para quem procura um passeio sobre trilhos.

Com informações da Folha de S.Paulo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *