Nem precisou esperar o retorno do ministro Gilmar Mendes do recesso no Supremo Tribunal FeseFed (STF). No início da noite desra quinta-feira (31) o Superior Tribunal de Justiça (STJ) concedeu habeas corpus e determinou a soltura imediata de Beto Richa.

O ex-governador está preso desde sexta-feira (25) em razão de seu envolvimento na Operação Integração.

Decisão do presidente do STJ, João Otávio de Noronha, determina também a suspensão da prática de quaisquer atos, salvo os estritamente necessários à apresentação de provas para ação penal que tramita na 13.ª Vara Criminal de Curitiba.

Suspende também a tomada de depoimentos que se inicariam na segunda-feira (4) até julgamento do habeas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *