O ex-deputado e empresário Tony Garcia (foto) entregou nesta quarta-feira (30) mais gravações que podem servir de provas para sustentar os seus acordos de colaboração premiada que firmou com o Ministério Público do Estado e também Federal.

Atendendo a uma convocação do Gaeco para obter informações sobre os desdobramentos da Operação Rádio Patrulha, Tony levou gravações que até agora eram inéditas. As gravações são de diálogos de Garcia com o ex-governador Beto Richa, o seu irmão Pepe Richa e com o primo Luiz Abi Antoun, além de empresários que participaram do esquema de propinas gestado no âmbito do Programa Patrulhas do Campo,.

As informações são da Veja Paraná. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *