O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) está cada dia mais enrolado. Ele pode conhecer sua sentença no caso do sítio de Atibaia (SP), da Operação Lava Jato, a qualquer momento. Além disso, nesta sexta-feira (18), levou mais um revés a partir do vazamento de um trecho da delação premiada do ex-ministro Antonio Palocci.

Em depoimento à Polícia Federal, Palocci disse que o ex-presidente Lula recebeu propina em espécie da empreiteira Odebrecht por diversas vezes, em valores que variavam de R$ 30 mil a R$ 80 mil. Palocci afirmou ainda que ele próprio chegou a entregar a Lula o dinheiro da propina da Odebrecht em caixas de uísque e de celular.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *