A violência no meio político brasileiro fecha o ano com mais uma notícia trágica.

O ex-governador e ex-senador do Espírito Santo, Gerson Camata (MDB) foi morto a tiros na tarde de hoje (26), na cidade de Vitória. Um suspeito, ex-assessor do governador, foi preso, mas ainda não se sabe o que motivou o crime.

Camata era radialista e economista. Ele foi senador de 1987 a 2011 e governou o Estado entre 1983 e 1986. Também foi deputado federal, estadual e vereador.

O ano de 2018 foi marcado por muitos episódios violentos envolvendo a classe política. O atentado a tiros contra a caravana de Lula no Paraná, o atentado contra o presidente eleito Jair Bolsonaro e o assassinato da vereadora Marielli Franco foram os que mais repercutiram.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *