cunhaUm dia depois da manobra do presidente da Câmara Eduardo Cunha conseguir o aprovo da lei de redução da maioridade penal, o assunto “bomba” nas redes sociais.

Políticos, artistas e anônimos se manifestaram sobre o assunto, reclamando principalmente do atropelo da sessão, com a retomada do projeto derrotado um dia antes. Confira algumas manifestações:

Deputado Chico Alencar (PSOL-RJ): “A sessão foi uma farsa, uma afronta ao regimento” 

Deputado Ivan Valente (PSOL-SP): “Vossa excelência está aplicando um golpe com o apoio de vários partidos”

Deputado Alessandro Molon (PT-RJ): “Vitória na terça, golpe na quarta! O problema dessa Casa é que Vossa Excelência não admite ser derrotado”

Joaquim Barbosa, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal: “Matéria constante de proposta de emenda rejeitada ou havida por prejudicada NÃO pode ser objeto de nova proposta na mesma sessão legislativa”

Cantor Gilberto Gil: “Houve uma manobra política esquisita para aprovar [a redução]. Somos contra”

A votação teve 323 votos a favor, 155 contra e 2 abstenções e determina que jovens com mais de 16 e menos de 18 anos sejam punidos como adultos quando praticarem crimes hediondos, homicídio doloso (com intenção de matar) e lesão corporal seguida de morte.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *