No dia 28 de junho de 1914 o arquiduque e herdeiro do trono austro-húngaro, Francisco Fernando, foi assassinado em Saravejo, evento que fez eclodir a Primeira Guerra Mundial.

O conflito foi centrado na Europa e durou até 11 de novembro de 1918, envolvendo as grandes potências de todo o mundo, que se organizaram em duas alianças opostas. De um lado estiveram os “Aliados”, que juntava Reino Unido, França e Império Russo. No lado oposto estavam os “Impérios Centrais”, reunindo o Império Alemão, Áustria-Hungria e Itália. Mas, a Itália acabou mudando de lado e passou a lutar pelos aliados, por que a Áustria-Hungria tomou a ofensiva após o assassinato do arquiduque, contra o acordo da Tríplice Aliança.

A Grande Guerra reuniu mais de 70 milhões de militares e mais de 9 milhões de combatentes foram mortes.

Até o final da guerra, quatro grandes potências imperiais deixaram de existir: os impérios Alemão, Russo, Austro-Húngaro e Otomano. O mapa da Europa foi totalmente redesenhado em vários países menores.

Questões mal resolvidas ao final da Grande Guerra contribuíram para o início da Segunda Guerra Mundial, apesar dos esforços para se evitar outro conflito desta magnitude.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *