A tragédia de Santa Maria-RS está ganhando mais um personagem no rol de comentários e reportagens produzidos pela imprensa. Vazou ao público que a boate Kiss tinha contratado uma empresa de propriedade de dois bombeiros, que executou a obra do plano contra incêndio da casa.

Sim, a boate tinha um plano contra incêndio. Agora, a investigação quer saber se houve algum tipo de favorecimento pelo fato da empresa ser de um bombeiro. Há gente que acredite que a boate pode não ter sido fechada quando venceu o plano de prevenção, em agosto de 2012, pela complacência dos próprios colegas bombeiros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *