O último processo que tramitava na Justiça Eleitoral de Marechal Cândido Rondon contra o então candidato a prefeito Moacir Froehlich (PMDB), foi julgado como improcede na semana passada. Agora, está pendente de julgamento tão somente o recurso impetrado pelo próprio prefeito Moacir junto ao TRE, em Curitiba, para tentar reformar a sentença da justiça local, que cassou o registro da sua candidatura. A expectativa é de que o recurso seja julgado nos próximos dias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *