É correto afirmar que a força de um partido se mede pelos votos que  tem. A eleição proporcional em Marechal Cândido Rondon deu uma mostra clara da força dos partidos no município.

Um total de 19 siglas participaram do processo eleitoral. Com impressionantes 10.652 votos, o PMDB é disparado o partido com maior potencial eleitoral hoje no município.

A segunda força é o PP, que contabilizou 7.133 votos.

A terceira força é o DEM, que já fora muito mais forte, mas que na última eleição conseguiu somar tão somente 3.810 votos, sendo que 43,5% destes foram feitos por um candidato isoladamente, ou seja, Márcio Rauber, que contabilizou sozinho 1.659 votos.

Pouco atrás do DEM, com 2.058 votos, aparece o PPS. Depois ainda aparecem o PTB com 1.488, o PDT com 1.067 e o PT com 1.032 votos.

Todos os demais partidos ficaram muito abaixo dos 1.000 votos.

Dentre os que ficaram para trás, dois chamam especial atenção. Um é o PSDB, partido do Governador do Paraná, que concorreu com um único candidato a vereador e, somados os votos na legenda, contabilizou míseros 272 votos.

Frustrante também o desempenho do PSD, que apesar de novo, em nível nacional já figura como uma das principais siglas e no município atualmente tem um vereador (Sérgio Maciel). Porém, na eleição ficou apenas na 11ª posição, com tão somente 271 votos.

Outras análises podem ser feitas. Mas, isso fica por conta de cada um. Para isso, disponibilizo abaixo a votação de cada um dos 19 partidos, incluindo os votos de legenda e dos candidatos Nilson Hachmann (PP – 1.019) e Luiz Carlos Cardozo (PMDB – 897), cujas votações ainda estão pendentes de validação:

1º – PMDB: 10.652

2º – PP: 7.133

3º – DEM: 3.810

4º – PPS: 2.058

5º – PTB: 1.488

6º – PDT: 1.067

7º – PT: 1.032

8º – PSC: 649

9º – PR: 353

10º – PSDB: 272

11º – PSD: 271

12º – PMN: 241

13º – PSOL: 184

14º – PSL: 108

15º – PRB: 74

16º – PV: 13

17º – PSB, PCdoB e PHS: 5

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *