Muito prudente e esclarecedora a nota expedida pela Secretaria de Esportes a respeito da utilização do Ginásio de Esportes Ney Braga.

Porém, eu tenho, particularmente, uma opinião contrastante com a prática da utilização do ginásio. Penso que uma praça esportiva como essa, deveria ser utilizada tão somente para sediar competições e não para servir de “peladas”, mesmo com o pagamento de aluguel.

Penso que um ginásio como o Ney Braga é para ser utilizado sim pelo público. Mas, da arquibancada, torcendo pelos times da casa, aplaudindo os atletas, independente de modalidade.

3 Replies to “Ginásio Ney Braga

  1. Particularmente discordo da sua opinião.
    Penso que dinheiro público deve ser direcionado para estruturas que o povo utilize.
    Por mais que o time da Copagril esteja levando o nome de Marechal Brasil a fora, trata-se de um time particular. Se vestirmos esta ótica – que com certeza pode ter um ‘q’ de distorção – e o Ney Braga passar a utilizado única e exclusivamente para apreciação de atividades que fazem parte de competições, o ginásio tornar-se-á uma estrutura para uso privado.
    Agora, se as estancias públicas conseguirem montar um time competitivo, independente do tipo de esporte, que represente o município e a partir daí seja definido que o ginásio deverá ser utilizado pela população apenas como arquibancada de competições… tudo bem…

    Por enquanto, defendo a locação do espaço por que já tive a oportunidade de jogar algumas poucas partidas lá … e a experiência é nada menos que magica.

    Abraços

    1. Meu caro amigo Eduardo… e amigo mesmo, pois lhe considero por demais, vc sabe que não é demagogia. Já tivemos muitas discussões conflitantes e, por isso mos, deixaram de ser produtivas para a construção de uma opinião mais madura. Entendo perfeitamente seus argumentos, mas, continuo a discordar. E nesse aspecto sei que discordo de muitas pessoas, desportistas. Eu continuo pensando que o nosso GINASIÃO é tal qual como um teatro: o público na plateia e os artistas no palco. Precisamos de espaços assim. Precisamos de locais para nosso entretenimento. Estar na arquibancada é aproveitar o ginásio. Torcer pela Copagril, pelo basquete, pelo handebol, pelo judô, pela ginástica, é estar na plateia e aplaudir o artista. Agora, se o ginásio continuar sendo liberado pra todo mundo, desculpe, mas perde o seu encanto. Acho que temos tantas outras quadras pra disputarmos nossas “peladas”. Vamos imaginar o Maracanã. Ele é um estádio público. Você não gostaria de jogar lá? Eu gostaria. Todos os boleiros brasileiros gostariam. Já imaginou se liberassem? Guardadas as devidas proporções, o nosso Ney Braga e, inclusive, o estádio, é a mesma coisa.
      Um abraço pra ti, Dudu.

  2. Oh, Eduardo, imagina então o Engenhão e o Maracanã, que são estádios Públicos, o Rio de Janeiro teria que fazer um time para jogar o Campenato Brasileiro a Libertadores, analise desta ótica e vc verá que está completamente equivocado.
    O município fazer uma equipe para jogar alguma competição no Ney Braga, aí se o time perder vão chingar quem?
    O Ginásio NEY BRAGA, é sem dúvida o bem público mais utilizado pela população, pois sempre vão lá mais de 2.000 torcedores.
    Eu utilizo o Ney Braga como cidadão Rondonense, para torcer pelo time que representa nossa cidade.
    Será que estava bom quando ele estava em Ruínas, naquela epoca não vi ninguém se manifestar.
    Já disse em outras oportunidades, veja Toledo e Cascavel, lá os caras não conseguem manter um time de nível, e a Copagril tem muitas empresas que patrocinam o time de futsal, então todos eles estão errados?
    E como já foi divulgado a Copagril através de Convênio atende a mais de 400 crianças na sua sede.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *