Esta semana começa a Rio+20, a Conferência das Nações Unidas Sobre Desenvolvimento Sustentável, que acontece no Rio de Janeiro, no período de 13 a 20 de junho. O município de Marechal Cândido Rondon vai estar representado nesse importante evento mundial graças a experiência que está sendo desenvolvida na Linha Ajuricaba, com o Condomínio de Agroenergia.

O projeto desenvolvido pela Itaipu em parceria com a prefeitura de Marechal Cândido Rondon, universidades, entidades e principalmente, os moradores da Linha Ajuricaba, já chamou a atenção de muita gente, inclusive do exterior. Na última sexta-feira (08) ganhou repercussão nacional, ao ser motivo de matéria no Jornal Nacional.

Conheço pessoalmente muitos dos produtores rurais que participam do projeto. Alguns talvez ainda não se deram conta da importância desta experiência para a criação de novas fontes de energia, a exemplo de outras alternativas que foram mostradas na série de reportagens exibida pelo Jornal Nacional. Aliás, muita gente de Marechal Rondon ainda não se antenou para o que estamos testemunhando no quintal de casa. Afinal, alguém já havia imaginado a Linha Ajuricaba numa Conferência da ONU?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *