O Brasil ocupa o 5 º lugar entre os recordistas em mortes no trânsito. Está atrás apenas da Índia, China, Estados Unidos e Rússia, conforme o Informe Mundial sobre a Situação de Segurança no Trânsito. Nas rodovias de outros países há uma normatização que dá segurança para a população. No Brasil, há animais circulando e muitos buracos, o que mostra todo o descaso do governo federal com a questão.

Viajar nas rodovias brasileiras é um verdadeiro exercício de controle da tensão. Viajar em período de férias, então, é quase uma roleta russa. Além das já precárias rodovias, nos deparamos com motoristas completamente negligentes, que com suas idiotices atrás do volante, colocam em risco dezenas de vidas.

Na nossa região, as situações de descaso são inúmeras. O trecho da BR 163, entre o portal de Marechal Cândido Rondon e a Samollé, em Quatro Pontes, é um absurdo. Além de ser um asfalto novo e, só por isso sequer poderia estar deteriorado, se tivesse sido bem feito, não tem tido atenção alguma por parte das autoridades. A única coisa que observamos são as operações tapa-buracos, que deixam a pista cada vez mais ondulada e perigosa.

O governo federal seguidamente fala em lançar um plano para recuperar as estradas. Pode até ter planos, mas não consegue os colocar em prática.  Pois, na prática, o que vemos é que o governo sequer consegue finalizar as estradas, quanto mais arrumar os trechos esburacados.

Para reverter essa triste situação, em primeiro lugar, é necessário ajustar as contas internas para ter recursos e investir nas estradas, aumentar o efetivo das polícias rodoviárias e dar ferramentas modernas para o trabalho, visando disciplinar o uso das estradas.

Foto: CATVE

2 Replies to “Descaso com as rodovias

  1. boa tarde
    quanto aos buracos da BR 163, estão demais, para começar aqui de
    Marechal até ao restaurante do Bellé , é buraco dentro de buraco, sugiro que para sair um pouco destas crateras, pegam o atalho que vai por Quatro Pontes, um pouco mais longe, mas o asfalto é zerado, vale a pena. o que sera preciso para que se faça um recapamento neste trecho, esperasr mais alguem se acidentar ou até morrer, para que as autoridades competentes tomem uma atitude, o que é isto minha gente? um abraço e um feliz e prospero ano novo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *