Para quem gosta do futsal assim como eu, deve estar lamentando o desmanche que sofreu o time do Santos após a conquista do título na Liga Nacional de 2011. O clube simplesmente decidiu acabar com o futsal por estar sem patrocinador. A maioria dos jogadores já foi dispensada e contratada por outros clubes.

O técnico Fernando Ferretti foi o primeiro a sair. Ele acertou com o Joinville, mesmo destino dos jogadores Neto, Pixote, Valdin e Ricardinho. O pivô Deives acertou com o Orlândia, enquanto Bruno Souza voltou para a Copagril. Já o ala Jackson e o fixo Índio foram para o Corinthians.

Tão somente o craque Falcão e o goleiro Djony permanecem negociando no Santos. Ninguém sabe qual será o destino deles.

Este é o segundo ano consecutivo que o time campeão da Liga acaba após o título. Aliás, praticamente com o mesmo elenco. Ano passado foi a Malwee, de Jaraguá do Sul, onde estavam Ferretti, Falcão e companhia, que acabou logo após vencer a Copagril na disputa do título. Esse ano, foi a vez do Santos, com praticamente o mesmo elenco.

Se persistir essa sina, é melhor a Copagril não ser campeã… Brincadeira a parte, a repetição do fato mostra que utopia querer manter um time de estrelas e serve de exemplo para que a equipe da nossa cidade nunca caia nesta armadilha, mantendo-se com os pés no chão e procurando manter um time competitivo sem fazer gastos mirabolantes.

Que sirva também de exemplo para a nossa torcida, para que valorize os talentos que temos e dê força para que a equipe possa nossas trazer muitas alegrias em 2012.

One Reply to “Acabando com o time”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *