Poucas pessoas talvez saibam, mas eu viajo pelos mais variados cantos do Brasil na companhia do humorista Willmutt, na qualidade de seu empresário, assessor de imprensa, assistente de palco, amigo, etc. Nestas andanças, tenho tido a oportunidade de conhecer dezenas de lugares diferentes, culturas, pessoas, paisagens, comidas, hábitos, músicas, tradições… Na última semana, por exemplo, passamos por Guarapuava, o nono município mais populoso do Paraná. É uma das cidades com maior volume de araucárias do país.  É também a maior produtora brasileira de cevada e possui uma das maiores fábrica de malte da América Latina. Além disso, no seu interior, na divisa com Prudentópolis está o Salto São Francisco, que, com 196 metros, é a maior queda d’água da Região Sul do Brasil. Uma beleza natural que poucos paranaenses conhecem.

Depois disso estive em Irati, cuja população é formada principalmente por descendentes de ucranianos e poloneses. A cidade abriga a maior imagem de Nossa Senhora das Graças do mundo, com 22 m de altura.

Na sequência houve uma apresentação do Willmutt na cidade histórica da Lapa. O município é conhecido historicamente por ter ocorrido nos arredores da cidade o famoso Cerco da Lapa. Em 1894, houve um sangrento confronto que envolveu pica-paus e maragatos, contrários à dependência do Rio Grande do Sul como uma unidade federativa dentro do Brasil. Ao todo foram 639 homens entre forças regulares e civis voluntários, lutando contra as forças revolucionárias formadas por três mil combatentes. Nesse fato histórico tombou em combate o General Gomes Carneiro, cujos restos mortais, assim como de muitos outros que tombaram durante a resistência, estão sepultados no Panteon dos Heróis.

A viagem prosseguiu para o litoral de Santa Catarina, na cidade de Balneário Camboriú. Segundo o IBGE é o 12º município mais populoso do estado e o 2º menor em área total. Destaca-se como o município com maior densidade demográfica de Santa Catarina, com mais de 2 350 habitantes por km². Possui a segunda maior densidade de prédios do Brasil. Apesar de possuir pouco mais de 100 000 habitantes, sua estrutura de edifícios comporta aproximadamente 1.000.000 de pessoas, marca frequentemente ultrapassada na alta temporada. Somente Santos é mais vertical do que Camboriú.

Antes de chegar a Balneário, realizamos uma parada em Joinville. Com 515.250 habitantes, é o maior município de Santa Catarina, e o terceiro da região Sul. É conhecida como Cidade das Flores, Cidade dos Príncipes, Cidade das Bicicletas e Cidade da Dança. Um local que paramos para almoçar foi na Estrada do Rio Bonito, que localiza-se na zona rural do município. É uma estrada belíssima e cheia de elementos naturais com arquitetura e quitutes germânicos. No percurso há ruas que levam para restaurantes, residências e pesque-pagues. No final da estrada há um restaurante tipicamente alemão, o qual oferece pratos como o marreco recheado, o Rio Bonito, de água incrivelmente cristalina e muitas outras atrações naturais.

Hoje estamos em Bombinhas. É o menor município de Santa Catarina e com uma população pouco superior a 10 mil habitantes. Mas, é um paraíso. Tem praias lindas, como Mariscal, Praia da Sepultura, Praia do Retiro dos Padres e Praia de Quatro Ilhas. É uma península um pouco acidentada com morros, enseadas, costões pedregosos com escarpas abruptas em alguns locais e diversas praias.

Daqui ainda seguiremos para Florianópolis e Criciúma.

One Reply to “Esse Brasil de encantos mil”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *