É interessante como tem pessoas que se iludem com o papel do Observatório Social. Há quem pensa que trata-se de um ferramenta de oposição. Talvez seja. Mas, não é uma oposição partidária. É uma oposição ao que está errado, ao que não está correto, independente de quem esteja no poder.

Aqueles que hoje fazem oposição partidária ao atual governo, não devem se iludir e imaginar que o Observatório vai ser diferente quando estes estiverem no poder. O Observatório vai ter a mesma atuação fiscalizadora, independente de quem esteja no poder, seja A, B ou C.

Por isso, aqueles que usam hoje as constatações e denúncias do Observatório como discurso, amanhã ou depois podem vir a ser os alvos deste mesmo trabalho voluntário, que não tem cor partidária, que apenas quer uma coisa: o correto, o justo.

2 Replies to “Observatório é bom… até quando?

  1. Bem lembrado Jadir, existe alguns Políticos que tentam se aproveitar pessoalmente de possíveis irregularidades apontadas pelo Observatório.
    Quero só ver como vai ser quando o Observatório estiver os incomodando, pois, é bem isso que vc disse o Observatório Social veio para ficar, fundado por 22 entidades que, só desejam que gestores invistam corretamente o dinheiro público.
    E olham que todos os candidatos na eleição passada foram avisados, infelizmente alguns não acreditaram, inclusive tentam a todo custo denegrir o trabalho realizado.

  2. Parabéns ao Observtório pelo exelente trabalho, mostrando as falcatruas que acontece em Rondon. Estes politicos tem que ter vergonha na cara pelos seus atos. Vejam agora o Dep. Élio que esteve com Jaime Lerner (DEM) 8 anos no governo em uma disputa com Ademir que esteve com Requião (PMDB) 8 anos no governo também, querendo eles reivindicar quem é o pai da criança ou melhor do
    – Batalhão de Fronteira em Rondon .
    Esquecendo eles que nestes 16 anos que não fizeram nada paara tal fato acontecer muito pai e mãe choraram por perda de seus filhos ou por bandido ou droga mas os srs Deputados nãoviram que aqui éuma fronteira e não tiveram acapacidade de sentar os dois e evitar tanta maldade em Rondon e reião. Tenham vergonha em vim ao povo e falar só depois de 16 anos quando a bandidagem eo trafico esta tomando conta da nossa região Batalhão.
    É só resgatar algumas entrevista do governador antes da campnha que ele já dizia que tinha que criar uma policia especial aqui na fronteira, nos primeiros dias de seu governo esteve em Brasilia com esta ´propósito.
    O POVO NÂO È BOBO, vão precisar mais que blá blá blá para nos levar no bico.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *