Horário eleitoral

Foi definido nesta segunda-feira (13) o tempo de cada partido/coligação na propaganda eleitoral gratuita no rádio, em Marechal Cândido Rondon. A definição do tempo de cada partido é conforme a representatividade na Câmara Federal. O horário eleitoral começa na próxima terça-feira (21).

Confira como ficou a divisão do tempo para os candidatos a prefeito:

  • PPS: 1min59
  • Coligação Rondon Legal: 2min18
  • Coligação Mais Rondon: 12min37
  • Coligação Rondon Levado a Sério: 9min19
  • Psol: 1min47
  • PRB: 2min
Para os candidatos a vereador, a divisão do tempo ficou assim definida:
  • Psol: 1min32
  • PPS: 1min33
  • Coligação Rondon Legal: 2min3
  • Coligação PMDB, PT, PDT e PC do B: 9min19
  • Coligação PP e PR: 4min29 segundos
  • PRB: 1min48

Silêncio nas ruas

Está muito tranquilo até agora o processo eleitoral em Marechal Cândido Rondon, quando faltam apenas 60 dias para as eleições. Apesar de não ter saído o TAC que previa ações mais limitadas de propaganda política, até o momento os candidatos e partidos têm sido bem discretos. Poucos são aqueles que já fizeram panfletos. Há alguns carros estão adesivados, mas os ares ainda estão tranquilos, de conversa nas esquinas, mas sem barulho.

É claro que as coisas devem ser intensificar a partir do momento que iniciar a propaganda eleitoral gratuita no rádio. Esta começa daqui a duas semanas, na terça-feira, dia 21 de agosto e segue até a quinta-feira, dia 4 de outubro.

Só pra propaganda

O Jornal O Paraná, de Cascavel, publica neste domingo (29) uma matéria sobre o Vant, avião sem tripulante de tecnologia israelense para atuar no combate ao crime na fronteira. Ocorre que aeronave adquirida pelo governo brasileiro no valor de R$ 8 milhões, nunca foi usada efetivamente. Ela está parada há quatro meses num hangar no aeroporto de São Miguel do Iguaçu.

A promessa do equipamento era revolucionária. Sua aquisição tornaria a PF brasileira a única no mundo a contar com uma tecnologia tão avançada e com autonomia de voo de até 20 horas. Pelo menos essa foi a propaganda feita há pouco mais de três meses, quando do voo inaugural, demonstrado para a imprensa e autoridades convidadas em São Miguel do Iguaçu.

Segundo a reportagem do O Paraná, não houve informações nem foi repassado diagnóstico das investigações e operações realizadas. Informações extraoficiais dão conta que o equipamento está inoperante por uma série de motivos, um deles seria a falta de recursos para a compra de combustível e inexistência de estrutura para mantê-lo no ar, o que poderia envolver a manutenção.

Poluição visual

É lamentável a poluição visual provocada por cartazes de eventos afixados com fita adesiva nas árvores no centro da cidade de Marechal Cândido Rondon. O descaso pode ser visto em vários pontos da cidade.

Lembro que há alguns anos havia a proibição desse tipo de propaganda, tanto em árvores como em postes da Copel. Em tempos de campanha eleitoral, chegou a render multas para alguns candidatos no passado. Continue lendo…