Primeira cruzada

cruzadaO conflito milenar entre cristãos e muçulmanos teve um capítulo importante no dia 8 de julho de 1099.

Foi neste dia que começou a Primeira Cruzada, quando 15 mil soldados cristãos marcharam em procissão rumo a Jerusalém, observados pelos muçulmanos a partir da cidade.

A tomada da cidade de Jerusalém representou um marco nas relações de cristãos ocidentais, cristãos orientais e muçulmanos. Representou o início da expansão do ocidente.

Já faz um ano

7 a 1O dia 8 de julho ficará marcado para sempre como o pior dia para o futebol brasileiro. Foi o dia em que fomos humilhados em pleno território nacional e levamos a maior goleada que o Brasil já sofreu na história das Copas: 7 a 1 para a Alemanha.

Se o Maracanazo de 1950 foi uma tragédia para o nosso futebol, com certeza o 7 a 1 de 2014 foi um vexame. E, um ano depois, após o futebol mostrado na Copa América, pouca coisa mudou. E as Eliminatórias para a próxima Copa já vêm por aí.

Quando chega a quarta-feira…

As vezes eu acho que minha vida está difícil, mas depois eu lembro que existe gente curtindo a própria foto no Facebook.

Com curtidas ou sem curtidas, tenham todos uma excelente quarta-feira.

Agora é lei

A presidente Dilma Rousseff sancionou lei que torna crime hediondo o assassinato de policiais e integrantes das Forças Armadas, da Força Nacional de Segurança Pública e do Sistema Prisional. A lei vale também para crimes que atingirem familiares destes, como cônjuges, companheiros ou parentes consanguíneos em até terceiro grau dos policiais.

Ainda segundo a lei, a lesão corporal cometida contra esses agentes de segurança em serviço, e seus parentes, será aumentada de um a dois terços. Em todos esses casos, a pena será de reclusão de 12 a 30 anos. Atualmente, a pena de homicídio simples varia de seis a 20 anos de prisão.

A intenção da nova lei é tentar prevenir ou diminuir a prática do delito contra os profissionais de segurança pública.

Joana d’Arc

joana-darcA heroína francesa Joana d’Arc foi absolvida no dia 7 de julho de 1456 pelo Papa Calisto III, exatamente 25 anos após ter sido executada num evento em praça pública. Joana foi queimada viva em 30 de maio de 1431, com apenas 19 anos de idade.

Ela é a santa padroeira da França e foi uma chefe militar da Guerra dos Cem Anos, numa longa luta contra os borguinhões e seus aliados ingleses.

Esquecida durante todo o Século XIX, Joana foi beatificada em 1909 e canonizada pelo Papa Bento XV em 1920.

Capa de revista

samekO trabalho que a Itaipu vem fazendo na área das energias renováveis foi motivo de reportagem de capa da Revista Isto É Dinheiro da última semana.

O diretor-geral brasileiro de Itaipu, Jorge Samek, aparece com destaque na capa da revista (foto). Na reportagem ele comenta sobre a transformação histórica pela qual passa o setor energético.

Com o título “Os novos empreendedores da energia”, a revista mostra o programa veículo elétrico e também comenta sobre o programa de energias renováveis desenvolvido através da produção de biogás, na microbacia do Ajuricaba, em Marechal Cândido Rondon.

 

Comentários desativados em Capa de revista

25 anos sem Cazuza

cazuzaHoje faz 25 anos da morte do cantor Agenor de Miranda Araújo Neto, conhecido como Cazuza.

Famoso como vocalista do Barão Vermelho, Cazuza foi um dos maiores compositores da música brasileira.

Conhecido pela vida rebelde e polêmica, Cazuza contraiu o vírus HIV, fato que revelou em 1989. A AIDS o matou justamente no dia 7 de julho de 1990

 

Comentários desativados em 25 anos sem Cazuza Tags , , |