Blues made in Marechal

Acostumado a sempre ver os mesmos ritmos musicais nos eventos da região, há alguns dias fui surpreendido por uma apresentação diferente. Foi durante um evento denominado “Noite dos Profissionais”, organizado pelo Rotary Club de Marechal Cândido Rondon.

Na oportunidade, nos pequenos intervalos do evento, uma dupla formada pelos rondonenses Marcel Colling e Gustavo Konieczniak, denominada de “Talkin Blues”, fez algumas apresentações. Apresentações de blues, um ritmo musical que surgiu na África, mas que explodiu nos Estados Unidos a partir dos anos 40, revelando fênomenos da música como Jimi Hendrix, B.B. King e Eric Clapton, entre outros.

Marcel e Gustavo encantaram os presentes com várias interpretações. Esse talento todo vale a pena ser compartilhado. Parabéns a vocês!

Hino do Observatório Social

Essa semana novamente pude assistir ao clip que virou uma espécie de hino do Observatório Social do Brasil. Uma música que emociona e que toca nas feridas da nossa sociedade, da nossa política. Um hino que nos conclama a nos mobilizarmos para mudar a realidade que impera nesse país.

Diz o estribilho, em forma de questionamento: “Aonde estão os homens que têm o dever e a obrigação de fazer, mudar essa realidade? Aonde estão? Eu sei que ainda existe alguém, honesto, honrado e de bem, que ama o Brasil de verdade”.

Vale a pena assistir.

“Sinto vergonha de mim”

Poucas pessoas talvez tenham visto na TV, mas está sempre disponível no Youtube, uma interpretação muito rica feita há muitos meses pelo cantor e apresentador Rolando Boldrin, na TV Educativa. Trata-se de um texto de Rui Barbosa, adaptado por Cleide Canton, que trata sobre a corrupção no Brasil, sobre o desrespeito à cidadania e a falta de ética de muitos políticos.

O texto “Sinto vergonha de mim” ganha vida na interpretação de Rolando Boldrin, chamando a atenção para a nossa responsabilidade enquanto cidadãos.