Quase inacreditável

Essa demora um pouco até a gente processar bem a informação, porque é quase inacreditável. Mas, foi isso mesmo que aconteceu ontem em Santo Antônio da Platina, no norte do Paraná: a Câmara Municipal aprovou a redução dos salários do prefeito, do vice-prefeito e dos próprios vereadores.

Incrível, né?!

Pois é. Mas, originalmente não era esta a intenção. Eles queriam mesmo é aumentar os salários e chegaram a aprovar isso em primeira discussão na terça-feira.

Mas, aí aconteceu o inusitado. Uma empresária se revoltou e reclamou com os vereadores. Tudo foi filmado e as imagens se espalharam na internet.

Resultado: no dia seguinte a Câmara tava cheia de gente para acompanhar a segunda votação e os salários acabaram diminuindo ao invés de subir, por conta de uma emenda apresentada na hora.

O salário do prefeito, que iria de R$ 14,7 mil para R$ 22 mil, será de R$ 12 mil. O salário do presidente da Câmara, que passaria de R$ 4 mil para R$ 8,5 mil, vai ser de R$ 970. E a remuneração dos vereadores, que subiria de R$ 3,7 mil para R$ 7,5 mil, também será de R$ 970.

Agora o projeto depende ainda de uma terceira votação e, caso aprovado, ainda precisa do chamego do próprio prefeito. Será que ele sanciona?

A cruz, a foice e o martelo

foiceNão sei qual foi a intenção do presidente da Bolívia, Evo Morales, ao presentear o Papa Francisco com um crucifixo com Cristo sobre uma cruz formada por uma foice e um martelo, símbolos do comunismo.

A foice e o martelo representam duas classes, o campesinato e o proletariado industrial, respectivamente. Esta aliança é considerada fundamental pelos marxistas para o sucesso da revolução socialista.

Historicamente, a fé cristã e o comunismo são ideologicamente incompatíveis. O marxismo autêntico nunca gostou do cristianismo autêntico e vice-versa.

O próprio Papa Francisco já disse que o comunismo tenta roubar da igreja a “bandeira dos pobres”, e que como o cristianismo tem quase dois mil anos a mais que o marxismo, então os marxistas são cristãos.

Independente de qual tenha sido a intenção do polêmico presidente boliviano com o presente inusitado, com certeza ele gerou polêmica e muita controvérsia. O assunto haverá de ser pauta de muitos artigos e análises acerca de comunismo e cristianismo nos próximos dias.

A repercussão da manobra de Cunha

cunhaUm dia depois da manobra do presidente da Câmara Eduardo Cunha conseguir o aprovo da lei de redução da maioridade penal, o assunto “bomba” nas redes sociais.

Políticos, artistas e anônimos se manifestaram sobre o assunto, reclamando principalmente do atropelo da sessão, com a retomada do projeto derrotado um dia antes. Confira algumas manifestações:

Deputado Chico Alencar (PSOL-RJ): “A sessão foi uma farsa, uma afronta ao regimento” 

Deputado Ivan Valente (PSOL-SP): “Vossa excelência está aplicando um golpe com o apoio de vários partidos”

Deputado Alessandro Molon (PT-RJ): “Vitória na terça, golpe na quarta! O problema dessa Casa é que Vossa Excelência não admite ser derrotado”

Joaquim Barbosa, ex-presidente do Supremo Tribunal Federal: “Matéria constante de proposta de emenda rejeitada ou havida por prejudicada NÃO pode ser objeto de nova proposta na mesma sessão legislativa”

Cantor Gilberto Gil: “Houve uma manobra política esquisita para aprovar [a redução]. Somos contra”

A votação teve 323 votos a favor, 155 contra e 2 abstenções e determina que jovens com mais de 16 e menos de 18 anos sejam punidos como adultos quando praticarem crimes hediondos, homicídio doloso (com intenção de matar) e lesão corporal seguida de morte.

Democratas tem novo presidente

pedro lupinDepois de quatro anos, o deputado Elio Rusch não é mais o presidente do Democratas do Paraná. Nesta quinta-feira (02), o Diretório Nacional do partido decidiu pela indicação do deputado Pedro Lupion para ser o novo presidente da Executiva do partido no Paraná. O mandato frente à Comissão Provisória do DEM será de três anos.

O primeiro vice é o deputado estadual Plauto Miró Guimarães; segundo vice Élio Rusch e terceiro vice Osmar Bertoldi;secretário geral Marcelo Puppi;tesoureiro Israel Fernandes.

Redução da maioridade penal

camaraDurou só 24 horas a alegria de quem é contra a redução da maioridade penal no Brasil.  Uma manobra do presidente da Câmara, Eduardo Cunha fez com que um texto semelhante voltasse a ser votado na noite que passou. E dessa vez, foi aprovado.

Enquanto no começo da madrugada de quarta-feira foi rejeitada a proposta que previa o julgamento pelo Código Penal de jovens de 16 e 17 anos acusados de crimes violentos, na madrugada desta quinta-feira, o mesmo plenário aprovou um texto semelhante, que também reduz a maioridade penal para 16 anos.

A diferença é que, na nova emenda, o tráfico de drogas e o roubo qualificado foram excluídos do rol de crimes que levaria o adolescente a responder como um adulto. Continue lendo…

Aeroporto regional

O deputado estadual José Carlos Schiavinato (PP-Toledo) reacendeu ontem em sua página no Facebook o debate sobre a necessidade de construção do Aeroporto Regional do Oeste do Paraná.

Na postagem, o parlamentar convoca as forças da sociedade do Oeste para retomar a luta e transformar a obra em realidade. O post tem rendido comentários interessantes. Clique aqui e confira.