PTB terá candidato

ptb

A Comissão Provisória do PTB de Marechal Cândido Rondon esteve reunida esta semana e definiu que o partido vai ter candidato a prefeito nas eleições municipais deste ano.

O partido, que elegeu Arlindo Lamb como primeiro prefeito da história do município, continua firme no seu propósito de lançar candidato a prefeito em 2012, mesmo que vários outras siglas de oposição também se manifestem neste sentido.  Entre os nomes figuram três pré-candidatos: o vereador Elmir Port, o ex-vice-prefeito Valdir Port (Portinho) e o engenheiro Vítor Giacobbo.

Também para a eleição a vereador o partido está trabalhando no sentido de formatar uma chapa completa.

Saiu de fininho

O campeão de diárias na Câmara de Vereadores de Marechal Cândido Rondon em 2011 saiu de fininho tão logo acabou a apresentação do relatório do Observatório Social, na Casa da Amizade, na última segunda-feira (13). Segundo os dados apresentados pelo Observatório, o vereador Albenice Pinto de Souza (PMDB) pegou R$ 23.595,00 em diárias durante o ano que passou. Se somado mais o valor retirado por sua assessoria em diárias, o total chega a R$ 32.295,00.

Já o vice-campeão, vereador Josoé Pedralli (PMDB) permaneceu durante o coquetel oferecido pelo Observatório e aguentou firme os questionamentos, críticas e até gozações feitas na informalidade, após o evento. Disse que vai mostrar detalhadamente o resultado de cada uma das diárias. Em 2011, Pedralli pegou o montante de R$ 21.684,00 em diárias, que somadas ao valor de diárias de sua assessoria chega a R$ 22.909,00.

Apresentação quase tranquila

A apresentação do relatório quadrimestral do Observatório Social nesta segunda-feira (13) talvez tenha sido a mais tranquila desde a fundação da entidade. Somente em um momento os ânimos se exaltaram um pouco, quando o Assessor Especial do Gabinete da prefeitura, João Bosco, questionou a apresentação de dados relativos a uma licitação de banheiros químicos na festa do município.

No entendimento do Observatório, o edital estava confuso, o que não foi aceito pelo assessor, que pediu inclusive o recolhimento do jornal com a apresentação dos dados, que foi distribuído.

Fora este momento, o evento seguiu tranquilo, inclusive com elogios por parte de pessoas ligadas ao governo municipal, reconhecendo a contribuição do Observatório. O vice-prefeito Silvestre Cottica, em sua manifestação apenas lamentou que tal trabalho de acompanhamento social não existe há mais tempo no município. “É uma pena que o OSB não exista a pelo menos 8 ou 10 anos”, comentou.

Respeito

O bom prestigiamento da apresentação do relatório quadrimestral, relativo aos meses de setembro a dezembro de 2011 do Observatório Social mostra que a entidade vem adquirindo o devido respeito dos organismos públicos do município. Vários vereadores, secretários e até mesmo o vice-prefeito Silvestre Cottica, participaram do evento, realizado de forma itinerante, na Casa da Amizade, em parceria com o Rotary Club Beira Lago.

Mudanças na câmara

No mês de abril devem ocorrer duas mudanças na Câmara de Marechal Cândido Rondon. Os atuais secretários Luiz Carlos Cardoso e Ito Rannov, ambos do PMDB, devem se licenciar dos seus cargos junto à prefeitura e retornar ao Legislativo.

Consequentemente, os suplentes Albenice Pinto de Souza, que somou 824 votos em 2008, e Josoé Pedralli, que fez 728 votos, deverão deixar suas cadeiras na Câmara.

Tudo indica que tanto os dois titulares (Cardoso e Rannov) como também os dois suplentes (Albenice e Pedralli) serão candidatos pelo PMDB na eleição de outubro. Além destes, também os vereadores Ilário Hofstaetter e Valdemir José Sonda, igualmente do PMDB, devem ir à reeleição.

Crime bizarro

Um crime completamente idiota aconteceu numa cidade do estado de Tennessee, nos Estados Unidos. Um homem  de 60 anos não se conformou com o fato de a filha ter sido excluída como amiga de um casal no Facebook. Para se vingar a exclusão da filha, ele abriu fogo e matou o casal! O assassino acabou preso.

E você? Já teve problemas ao excluir alguém do Facebook?

Moto perigo

É difícil passar um dia que, no exercício da profissão, não me depare com um acidente de trânsito envolvendo motocicleta em Marechal Cândido Rondon. E raros são os acidentes em que o condutor da moto não se machuca. E, na maioria dos casos, o motorista do carro é quem provoca o acidente. Mas, por que isso?

Ninguém provoca um acidente de propósito. O nome já diz: ACIDENTE. Ou seja, um evento indesejável e inesperado que causa danos e que ocorre de modo não intencional. Continue lendo…