Servidores estaduais que protestavam no Centro Cívico, em Curitiba, contra o projeto de emenda constitucional (PEC) que altera a aposentadoria do funcionalismo, conseguiram passar pelo isolamento feito pela Polícia Militar, forçaram a entrada e invadiram a Assembleia Legislativa do Paraná, na tarde desta terça-feira (3).

A sessão legislativa foi iniciada por volta de 15 horas, com manifestações constantes do público que está nas galerias, e foi suspensa às 15h20, por questões de segurança.

A presidência da Alep havia limitado o acesso às galerias a 250 pessoas. Os manifestantes não concordaram com a limitação e invadiram a casa.

Houve confronto entre manifestantes e policiais militares, gás lacrimogênio e spray de pimenta foram usados pela PM para tentar conter os manifestantes. Alguns portões que dão acesso a galerias do plenário da casa foram forçados e quebrados pelos manifestantes.

O projeto que altera as bases do Paranaprevidência, proposto pelo governo Ratinho Junior (PSD) aos moldes do que foi aprovado na esfera federal, está em tramitação na Assembleia e ainda não tem previsão de ir à votação.

Mesmo com a suspensão da sessão a Assembleia segue ocupada pelos servidores, que prometem não deixar o local enquanto o projeto não for retirado pelo Governo do Estado.

Veja vídeos do tumulto:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *