A semana começou com novo agito na política rondonense. Veículos de comunicação de Marechal Cândido Rondon noticiam nesta terça-feira (8) a pré-candidatura a prefeito do vereador Ronaldo Pohl (PSD).

Pohl está no seu primeiro mandato como vereador. Anteriormente havia sido secretário de Agricultura na gestão de Moacir Froehlich (MDB) mas, seu partido acabou aliando-se ao grupo do prefeito Marcio Rauber (DEM), coligação pela qual Pohl também garantiu seu mandato à vereador, sendo o sétimo mais votado, com 957 sufrágios.

O namoro com o Paço, contudo, se estremeceu logo nos primeiros meses, possivelmente pela personalidade forte do jovem vereador, que resolveu não baixar a cabeça diante dos ditames da velha política local. Resultado: declarou-se de bancada independente. Para ser mais claro, ficou em cima do muro.

Agora, Ronaldo parece que resolveu descer do muro, o que talvez justifique o seu comportamento ao longo dos últimos meses. Deve aguardar a janela partidária no início de 2020 para sair do PSD e provavelmente ingressar no PL.

A aposta é na formação da sonhada terceira força política em Marechal Cândido Rondon. Para tanto, Ronaldo diz que conta com o apoio dos deputados federal Fernando Giacobo e estadual Marcel Micheletto, para encabeçar uma chapa a prefeito e tentar alavancar duas chapas para o legislativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *