Estão acontecendo na manhã desta terça-feira (06) as oitivas com as testemunhas arroladas no processo disciplinar contra o vereador rondonense Nilson Hachmann (PSC). O processo tramita na Comissão de Ética e Decoro Parlamentar do Poder Legislativo, que neste caso é presidida por Vanderlei Sauer e tem como relator Arion Nasihgil e Adriano Cottica como membro.

Nilson é acusado de quebra de decoro parlamentar, em denúncia protocolada no Poder Legislativo pelo vereador Pedralli, em 28 de fevereiro. Ele acusa Nilson de ter utilizado empresas jurídicas em nome de terceiros, mas que seriam de propriedade dele, para participar de processos licitatórios e fazer venda direta à Prefeitura, o que é proibido pela Constituição Federal e pelo Código de Ética Parlamentar do Município.

Pela mesma acusação, o vereador foi preso em 15 de maio durante a Operação Pula-Pula do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) e responde a processo na Justiça.

Colocado em liberdade no dia 23 daquele mesmo mês, desde então Nilson está afastado do cargo na Câmara por determinação judicial.

Para as oitivas de terça-feira a Comissão de Ética convocou duas testemunhas e a defesa outras nove. Nilson também deverá ser ouvido na mesma data, após os depoimentos de todas as testemunhas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *