O empresário gaúcho Sadi Paulo Castiel Gitz morreu após dar um tiro contra sua cabeça na manhã desta quinta-feira (4), no Sergipe. O incidente ocorreu durante a abertura de um evento om o ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, e com o governador de Sergipe, Belivaldo Chagas

Dono da cerâmica Escurial, Gitz tinha 70 anos e era um dos convidados do Simpósio de Oportunidades – Novo Cenário da Cadeia do Gás Natural, em Aracaju. O empresário, que teria perdido 600 empregos diretos, em virtude da crise econômica, disparou contra a cabeça no momento em que o governador do estado, discursava.

“Belivaldo, você é um grande mentiroso”, teria dito o empresário antes de cometer o suicídio (veja vídeo abaixo).

Em nota no Twitter, o governo de Sergipe lamentou o corrido com empresário e informou que o evento foi cancelado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *