O dia de hoje será decisivo para o futuro político do vereador Neco Kist (MDB). Está marcada para as 18 horas a sessão extraordinária que vai votar se cassa ou não o mandato do vereador.

Neco é acusado de apropriar-se de parte do salário de uma ex-funcionária da prefeitura que teria indicado para o cargo. Ele nega a acusação.

O relator da comissão processante, vereador Adriano Cottica, emitiu parecer recomendando a cassação do mandato. Mas, para que isso aconteça são necessários 9 votos dos 13 vereadores que integram o Legislativo rondonense.

A considerar a composição política da Casa, uma vez que a situação recuperou maioria na Câmara a partir da nomeação de Adriano Backes para a Secretaria de Agricultura, dificilmente Neco será cassado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *