Em um parecer enviado ao Superior Tribunal de Justiça (STJ), o Ministério Público Federal (MPF) entende que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva já cumpriu tempo suficiente da pena para ir para o regime semiaberto.

No regime semiaberto, o condenado tem direito a deixar prisão durante o dia para trabalhar.

Lula está preso desde abril de 2018. A progressão de regime é permitida para quem cumpriu um sexto da punição. Além disso, leva em consideração bom comportamento.

O STJ terá que julgar se Lula pode mudar de regime com base em todos os aspectos.

Com informações do G1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *