A ideia é um tanto radical e polêmica. Mas numa cidade do interior da Paraíba, resolveu um problema bastante comum em muitas Câmaras de vereadores do país, inclusive da região: vereador bêbado durante a sessão.

Na Câmara de Piancó, seguidamente ocorriam discussões ríspidas entre os vereadores, passando dos limites da tolerância. A suspeita sempre foi de que tinha vereador indo alcoolizado para as sessões.

A confirmação das suspeitas aconteceu durante uma discussão acalorada em plenário, quando um litro de uísque caiu do bolso de um dos vereadores. Foi a gota d´água.

O presidente determinou a compra do bafômetro e pediu auxílio da assessoria jurídica para estabelecer regras para o teste de alcoolemia, bem como de punições ao vereador flagrado embriagado durante sessão. O fato aconteceu em 2016 e caso os vereadores parassem de beber antes das sessões o bafômetro seria doado para a Polícia Militar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *