Além do reajuste salarial para os servidores públicos, na mesma sessão da Câmara de Marechal Cândido Rondon também foi aprovado o reajuste de 2,06% para os próprios vereadores, que se dividiram na hora de votar a matéria.

Votaram contra o aumento os vereadores Arion Nasihgil, Adriano Cottica, Nilson Hachmann, Ronaldo Pohl e Vanderlei Sauer. A favor votaram Neco Kist, Adelar Neumann, Valdir Port, Gordinho do Suco, Cláudio Koehler e Adriano Backes.

Josoé Pedralli preferiu se abster, o que “salvou” o presidente Pedro Rauber de dar o voto de minerva.