Quase inacreditável

Essa demora um pouco até a gente processar bem a informação, porque é quase inacreditável. Mas, foi isso mesmo que aconteceu ontem em Santo Antônio da Platina, no norte do Paraná: a Câmara Municipal aprovou a redução dos salários do prefeito, do vice-prefeito e dos próprios vereadores.

Incrível, né?!

Pois é. Mas, originalmente não era esta a intenção. Eles queriam mesmo é aumentar os salários e chegaram a aprovar isso em primeira discussão na terça-feira.

Mas, aí aconteceu o inusitado. Uma empresária se revoltou e reclamou com os vereadores. Tudo foi filmado e as imagens se espalharam na internet.

Resultado: no dia seguinte a Câmara tava cheia de gente para acompanhar a segunda votação e os salários acabaram diminuindo ao invés de subir, por conta de uma emenda apresentada na hora.

O salário do prefeito, que iria de R$ 14,7 mil para R$ 22 mil, será de R$ 12 mil. O salário do presidente da Câmara, que passaria de R$ 4 mil para R$ 8,5 mil, vai ser de R$ 970. E a remuneração dos vereadores, que subiria de R$ 3,7 mil para R$ 7,5 mil, também será de R$ 970.

Agora o projeto depende ainda de uma terceira votação e, caso aprovado, ainda precisa do chamego do próprio prefeito. Será que ele sanciona?

Comentários finalizados automaticamente.