Tem um bando de aloprados no Planalto que vive desse tipo de circunstância, de criar constrangimento”
Eduardo Cunha (PMDB-RJ), presidente da câmara dos Deputados, ao anunciar o rompimento com o governo um dia depois de ser acusado de pedir propina.