Depois de assistir a Argentina golear o Paraguai por 6 a 1 na semifinal da Copa América chego a conclusão que poderia ter acontecido coisa bem pior que aquele 7 a 1 que o Brasil tomou da Alemanha no ano passado.