Richa na Fórmula 1?

Causou polêmica entre a oposição e a base aliada do governo, ontem (30), na Assembleia Legislativa, uma manifestação do deputado estadual Tadeu Veneri (PT). O parlamentar entrou com um pedido de informações à Casa Civil a respeito da viagem do governador iniciada no domingo passado.

Inicialmente a viagem do governador, autorizada pela Assembleia, indicava compromissos oficiais na China, Líbano e Itália. Mas uma passagem pelos Emirados Árabes foi incorporada ao roteiro sem maiores explicações. Continue lendo…

Novo capítulo

Antes de iniciar o processo eleitoral deste ano em Marechal Cândido Rondon já havia quem arriscasse dizer que esta seria uma eleição diferente, com menos barulho, porém com um embate jurídico muito forte. E as perspectivas se confirmaram.

Enquanto em todo o Brasil a grande maioria dos municípios já sabe quem será seu futuro prefeito, até mesmo nas cidades que tiveram segundo turno, em Marechal Rondon a questão ainda depende de decisões na esfera judicial.

Se de um lado, o prefeito Moacir Froehlich aguarda com expectativa a decisão do TRE, em Curitiba, quanto ao seu recurso devido à cassação do registro de sua candidatura, por outro lado, Vítor Giacobbo também entra no clima de expectativa, pois pode vir a enfrentar situação semelhante. Continue lendo…

Prefeito empreendedor

O jovem Anderson Bento Maria, do PPS, conseguiu superar as adversidades de concorrer com alguém que busca a reeleição, e conseguiu vencer as eleições municipais em Maripá, somando 90 votos (2%) a mais que a atual prefeito Jacira Quirino Alves, do PMDB.

Parcela dessa conquista se deve ao apoio recebido do ex-prefeito Elizeu Spagnol, que abriu mão da sua candidatura para ser vice de Anderson. Mas, principalmente, a vitória ocorreu pelo espírito arrojado e empreendedor deste jovem de 34 anos.

Aos 20 anos ele já administrava uma empresa. Hoje, é responsável por cinco. Foi presidente da Associação Comercial e agora será prefeito. É arrojado e determinado na busca dos seus objetivos. Há quatro anos já tinha projetado querer ser prefeito, quando candidatou-se pela primeira vez e não obteve êxito. Agora, o seu sonho se concretiza.

Último dia

Hoje (26) é o último dia de propaganda eleitoral de TV e rádio nos municípios onde há segundo turno para a eleição a prefeito.  Também é o último dia para os candidatos para a realização de debates.

A disputa em segundo turno ocorrerá em 50 cidades pelo país. São 17 capitais e 33 cidades do interior.

No Paraná são 5 cidades que têm segundo turno. Em Cascavel disputam Edgar Bueno (PDT) e Pofessor Lemos (PT); em Curitiba Ratinho Júnior (PSC) e Gustavo Fruet (PDT); em Londrina Marcelo Belinati (PP) e  Alexandre Kireeff (PSD); em Maringá Pupin (PP) e Enio Verri (PT); e em Ponta Grossa Marcelo Rangel (PPS) e Péricles (PT).

Disputa acirrada

A primeira eleição com segundo turno em Cascavel está sendo marcada pela disputa acirrada entre os candidatos a prefeito Edgar Bueno (PDT) e José Lemos (PT). Na reta final da campanha, os ataques pessoais envolvendo as duas coligações que disputam o pleito aumentaram.

A própria OAB de Cascavel já demonstrou preocupação com a proporção que a disputa eleitoral tomou, observando que as agressões mútuas estão manchando o pleito no município.

Um dos novos

Hilário Gauer, do PMDB, é um dos novos vereadores eleitos em Marechal Cândido Rondon. Ele já havia sido candidato em 2008, mas na ocasião não conseguiu se eleger. Agora fez mais do que o dobro dos votos e foi o mais votado entre os 5 vereadores eleitos do PMDB.

Entrevistei Gauer na semana passada, cuja entrevista em vídeo foi exibida esta semana no site AquiAgora.net. Na conversa, ele voltou a reafirmar o que já havia dito em entrevista ao jornal O Presente, ou seja, de que na sua opinião o futuro presidente da Câmara deva ser alguém do PMDB. Porém, ele mesmo diz que não pretende pleitear o cargo.