Pegou mal

Uma imagem que circulou na rede social Facebook nesta segunda-feira (30) mostra dois policiais militares do Paraná que estariam ingerindo cerveja durante o horário de serviço. A foto gerou muitas manifestações de protesto por parte de internautas, revoltados com o flagrante. Os PMs aparecem com latas, que seriam de cerveja, ao lado de três jovens e alguns carros estacionados.

Em nota enviada à imprensa, a Polícia Militar do Paraná informou que não compactua com atitudes como essa e que vai abrir procedimento administrativo para apurar o caso e responsabilizar os policiais envolvidos. Os dois PMs pertencem ao 17° Batalhão, que atua na Região Metropolitana de Curitiba.

Perde o Oeste

A trágica morte do deputado federal Moacir Micheletto (PMDB) não representa apenas uma perda de um homem público. Com a sua morte, o Oeste do Paraná e, especialmente, Marechal Cândido Rondon perde força política em Brasília.

Micheletto era um dos 6 deputados federais que o Oeste elegeu em 2010. Tínhamos 20% dos 30 deputados estaduais quem cabem ao Paraná. Com a sua morte, passamos a ter apenas 16,6%. Menos representatividade, menos recursos. Continue lendo…

Mulheres mais precisas

Uma empresa britânica encomentou uma pesquisa, cujo resultado apontou que as mulheres são melhores que os homens na hora de estacionar os carros. A pesquisa observou 2,5 mil motoristas em 700 estacionamentos espalhados pela Grã-Bretanha durante um mês.

O estudo mostrou que as mulheres podem até precisar de mais tempo para estacionar, mas têm mais probabilidade de deixar o carro centralizado na vaga. Também descobriu que as mulheres são melhores na hora de encontrar espaços e mais precisas na hora de alinhar o carro antes de iniciar cada manobra. Continue lendo…

Manchetes tristes

O que tinha tudo pra ser um belo final de semana ensolarado e de muita alegria, acabou se transformando em tragédia e tristeza para muitas famílias da região por conta dos inúmeros acidentes que aconteceram entre a madrugada de sábado e a noite de domingo. Lamentavelmente, a imprudência e a falta de conservação das rodovias ainda são responsáveis pelo grande número de mortes violentas que acontecem, deixando famílias destruídas e sequelas que jamais se apagarão. Até quando essas manchetes tristes farão parte do nosso dia-a-dia?

Só pra propaganda

O Jornal O Paraná, de Cascavel, publica neste domingo (29) uma matéria sobre o Vant, avião sem tripulante de tecnologia israelense para atuar no combate ao crime na fronteira. Ocorre que aeronave adquirida pelo governo brasileiro no valor de R$ 8 milhões, nunca foi usada efetivamente. Ela está parada há quatro meses num hangar no aeroporto de São Miguel do Iguaçu.

A promessa do equipamento era revolucionária. Sua aquisição tornaria a PF brasileira a única no mundo a contar com uma tecnologia tão avançada e com autonomia de voo de até 20 horas. Pelo menos essa foi a propaganda feita há pouco mais de três meses, quando do voo inaugural, demonstrado para a imprensa e autoridades convidadas em São Miguel do Iguaçu.

Segundo a reportagem do O Paraná, não houve informações nem foi repassado diagnóstico das investigações e operações realizadas. Informações extraoficiais dão conta que o equipamento está inoperante por uma série de motivos, um deles seria a falta de recursos para a compra de combustível e inexistência de estrutura para mantê-lo no ar, o que poderia envolver a manutenção.

De olho nos vereadores

O jornal Gazeta do Povo, principal diário do Paraná, abriu uma guerra contra o desperdício do dinheiro público promovido pelas câmeras de vereadores. Há alguns dias, o jornal vem divulgando uma série de matérias denunciando abusos em câmaras de vários municípios do Paraná.

A exemplo do que fez há cerca de dois anos com a Assembleia Legislativa, denunciando os atos secretos da casa, agora o jornal parece que voltou o foco para o legislativo municipal. São matérias investigativas denunciando a farra das diárias, o aumento abusivo de salários, a contratação exagerada de assessores, entre muitas outras questões.

A julgar pelo material já divulgado, certamente o Ministério Público não deverá deixar barato e vai mostrar serviço diante das suspeitas que estão sendo levantadas.

Quer acompanhar? Clique aqui e veja o material completo no site da Gazeta do Povo.

Cada coisa que inventam

A indústria do sexo anda bem criativa. E põe criatividade nisso. Agora inventaram um vibrador que parece um pincel de blush. Discreto, ele cabe na bolsa da mulher e, segundo o fabricante, o brinquedinho é ótimo para melhorar a satisfação sexual das mulheres e de seus parceiros.

Segundo a indústria, o aparelhinho também é multifuncional, pois além de ser um vibrador potente e silencioso, depois de limpo pode ser usado como pincel de blush.