Conforme havia anunciado ainda ontem (04) em post neste blog, que novidades estariam por ocorrer no meio político de Marechal Cândido Rondon, foi confirmada a informação de que a empresária Ana Carolina Seyboth Kurtz está ingressando na vida partidária, através do recém criado PSD. Apesar dela negar que tenha intenção de ser candidata à prefeitura de Marechal Rondon, o fato de filiar-se dentro do prazo legal para uma candidatura, ou seja, um ano antes da eleição, mostra que talvez ela possa ainda mudar de ideia ao longo dos próximos meses.

Mesmo afirmando não ser candidata, é certo que a partir de agora seu nome também deverá figurar nas pesquisas eleitorais que ocorrem seguidamente na cidade. Se até ontem tínhamos o prefeito Moacir Froehlich (PMDB), o vereador Ítalo Fumagali (PSC), o ex-prefeito Dieter Seyboth (DEM), o engenheiro Vítor Giacobbo (PTB), o vereador Elmir Port (PTB) e o sindicalista Wilson Moraes (PPS) como principais nomes sondados nas pesquisas internas promovidas pelos partidos, certamente esse quadro vai passar a ter a adesão de mais um nome a partir de agora: Ana Carolina.

A leitura do quadro eleitoral com certeza vai sofrer algumas mudanças a partir do ingresso de Ana Carolina no processo político.

5 Replies to “Mais um nome a prefeito

  1. É tão obvio que ela pode ajudar o projeto do tio Dieter Seyboth ela pra prefeita e o filho dele para vereador e assim a vida segue em frente, tudo em família…..e o povo oh…é a unica maneira do Dieter retornar a politica,vai que sobra um cargo na prefeitura.

  2. Acho que nós com o Moacir conseguimos mostrar que o povo não quer os de sempre no poder, por isto estão achando manobras para voltar e vão fazer qualquer coisa pra isto….até mesmo usarem os filhos e sobrinhas e até mesmo se juntarem todos no DEM / PSD este segundo é uma filial do DEM. Imaginem o Dieter no DEM e a sobrinha no PSD, o Pedro Rauber foi mais audacioso e pois o filho de presidente no DEM…moral da historia ´querem mostrar caminhos diferente, mas o objetivo é um só…GANANCIA PELO PODER´

  3. Lucas
    Primeiro tenha coragem e coloque seu nome completo nos recados, se não colocar seu nome completo é a mesma coisa que uma parede falar, um zé ninguem.
    Segundo você deve ta morrendo de medo de perde a tetinha gorda.
    Terceiro sobre sua primeira frase, acho que você é curtinho de memória, olha quem é o secretariado do Moacir, e depois volta aqui e diz sobre os mesmos de sempre, MAS PESQUISA EM no Governo do Ademir, do Ariston e do Edson e me diz quantos que hoje estão na prefeitura em cargos de comissão não participaram destes governos.
    E tenha coragem de voltar aqui neste mural e colocar seu nome verdadeiro e completo ou cale-se para sempre.
    Ou vou ter certeza que você não passa de um garotinho de recado mamando nas tetas do poder publico.

  4. Parabéns Lucas pelo seu comentário, só que você tem que incluir os nomes que estão na atual administração. Lucas o Cleiton tem razão quando diz que você tem que analisar melhor até porque ele e a Ana são sobrinhos do Dieter,logo é normal o Cleiton sair em defesa da família eles vivem em um circulo familiar que este embrulho político é normal. Lucas o Dieter/Élio juntos, Werner/Ademir juntos, logo se leia Dieter,Ana, Cleiton,Élio,Werner,Ademir e outros todos iguais.Sabe é lamentável o tempo passa e a política e politiqueiro continuam os mesmos.
    O Paraná, o Brasil, o EUA e o mundo mudou ou esta mudando, Rondon não pode ser diferente só não mudem o nome da cidade por amor a Deus.

  5. * Apesar dela negar que tenha intenção de ser candidata à prefeitura de Marechal Rondon, o fato de filiar-se dentro do prazo legal para uma candidatura, ou seja, um ano antes da eleição, mostra que talvez ela possa ainda mudar de ideia ao longo dos próximos meses.

    Interessante o fato de quem sabe termos uma mulher se candidatando a prefeita de Marechal Cãndido Rondon.

    aproveitando o espaço, pegando um trecho da matéria postada no aquiagora.net, que diz respeita a filiação do Wilmutt ao PSD…

    * …questionado se pretende ser candidato em 2012, Cleiton adiantou que colocou seu nome à disposição do partido para eventualmente disputar a eleição para vereador…

    Em discussões passadas já comentei que o “abraço a praça” era a largada de uma possível candidatura do wilmutt à vereador. Essa era a resposta que eu esperava naquela vez, mas infelismente vc não se manifestou a respeito.
    Quero deixar claro que não tenho nada contra vc, só estou comentando aqui que está notícia publicada no site não é nenhuma novidade pra mim.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *