Os industriais de Marechal Cândido Rondon, especialmente aqueles cujas empresas estão instaladas às margens da BR 163 não estão muito satisfeitos com o projeto apresentado pelo DNIT, especialmente com relação aos trevos. Eles, inclusive, já pediram explicações mais detalhadas sobre os trevos.

O temor é que com a duplicação da rodovia no trecho entre o portal e a saída para Nova Santa Rosa fique ainda pior para atravessar a pista. Ocorre que o projeto apresentado não contempla ciclovia e nem travessia para pedestres e, com a duplicação, passam a ser duas pistas para serem transpostas pelos milhares de trabalhadores que residem do outro lado da rodovia.

Além disso, o projeto apresentado até agora não contempla acesso a algumas empresas com intenso movimento, como Tornearia do Sérgio, Tecsoft e Tropical Cabines.

A questão deverá ser debatida ainda mais a fundo pela Acimacar,  para que uma solução seja encontrada, sem comprometer a obra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *