Aos poucos está sendo feito justiça no meio político do Paraná, afastando aqueles que usam o poder para ter vantagens financeiras ou políticas. Foi confirmada nesta quinta-feira (28) a impugnação do mandato do prefeito de Pontal do Paraná,  Rudisney Gimenes (PMDB), e do seu vice, Rubens Marcelino da Veiga Gimenes devido a abuso de poder econômico durante a campanha de 2008.

A ação tramitava em segredo de justiça desde 2009, quando foi protolocado o pedido de impugnação do mandato dos candidatos eleitos para seu segundo mandato.  Gimenes e Veiga teriam adquirido 1578 cestas básicas para distribuição mediante promessa de voto, além de ter utilizado expressões e cores em bens públicos como forma de promoção pessoal e propaganda eleitoral.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *