O PMDB do Paraná agora tem dois senadores. Com a ida de Gleisi Hoffmann (PT) para a Casa Civil, a sua vaga será ocupada pelo seu primeiro suplente, o advogado Sérgio de Souza, do PMDB. Contudo, Souza não deve ler a cartilha de Requião, o outro senador paranaense do PMDB. Isso porque o advogado é mais ligado ao grupo do ex-governador Orlando Pessutti, de quem foi assessor na época em que Pessutão ainda era deputado estadual, até 2002.

Desde 2003, Souza tem um escritório de advocacia que atua no Direito Público, Administrativo e Eleitoral. Ele é filiado no PMDB há 15 anos.

“Não passava pela cabeça que fosse tão rápido. Imaginava que ela poderia ser candidata ao governo em 2014. Mas, estou preparado para assumir o cargo”, afirmou o advogado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *